O projeto MapZoom foi descontinuado

Em função da migração para novos servidores e do anúncio do final do suporte da versão 2 da Google Maps API, a BrodTec não mais manterá ativo o site com a demonstração do aplicativo MapZoom.

O MapZoom foi resultado do projeto de graduação, em Engenharia da Computação, de Joice Käfer, em 2008, para o qual tentamos, posteriormente, obter verbas para transformá-lo em um sistema de gestor de conteúdo web cuja principal interface com o usuário seriam mapas na web. A ideia era facilitar a construção de portais cujas principais fontes de informação fossem georreferenciadas. Mesmo não conseguindo a tal verba, ainda mantemos o portal, com o código-fonte totalmente aberto, para que qualquer interessado pudesse aprender a partir do que foi desenvolvido. Claro, de 2008 para cá muita coisa evoluiu…

Se você não tem a mínima ideia do que é PostGis (em resumo, é a extensão que permite que o gerenciador de banco de dados PostgreSQL trabalhe com objetos espaciais – aqueles aos quais você acessa usando latitudes e longitudes), recomendo que você leia o trabalho da Joice, uma bela introdução à construção de aplicações baseadas em mapas na web e ainda bastante atual.

MapZoom.com.br – Qualificando informações com o uso de mapas interativos na Internet

Praticamente toda informação pode ser associada a uma referência geográfica, a seu lugar no mundo. Quando damos nosso endereço a alguém, fornecemos uma referência geográfica.

O sistema MapZoom, em desenvolvimento pela BrodTec, combina vários componentes de programação e bases de dados com as ferramentas oferecidas pelo Google Maps – o mais popular serviço de mapas na web – para criar mapas temáticos com mecanismos inteligentes de busca.

O Google Maps permite que pessoas localizem, em um mapa interativo, países, estados, cidades, ruas, casas, pontos de interesse e locais de prestação de serviços. Cada usuário pode adicionar marcadores no mapa, para fazer o registro de todos os lugares onde morou ou trabalhou, por exemplo, além de poder descobrir qual o melhor caminho para ir de sua casa ao trabalho. O Google Maps ainda oferece, para desenvolvedores de sistemas, um conjunto de ferramentas que permitem a criação de mapas temáticos específicos, com informações que podem ser pesquisadas em bases de dados contendo detalhes sobre determinados pontos. Um cadastro de postos de saúde, por exemplo, pode conter a localização de cada unidade – que pode ser vista no mapa, em um marcador – junto com horários de atendimento, especialidades médicas disponíveis e meios de transporte coletivo para o local.

A partir de sua aplicação modelo, que utiliza todos os elementos básicos do sistema MapZoom, é possível adicionar funcionalidades, refinar a busca de informações, de uma forma apenas limitada pela imaginação. Uma empresa pode, por exemplo, ter uma base de dados de todas as suas unidades distribuída geograficamente. Uma unidade que apareça no mapa com um marcador em vermelho poderá representar um nível insatisfatório de desempenho em algum quesito (estoque em baixa, vendas abaixa da média).

Agentes da lei podem alimentar o sistema com taxas de criminalidade, diretamente a partir de ocorrências policiais ou ações diretas, incluindo dados que podem ser facilmente visualizados a partir de um mapa (áreas com maior ocorrência de crimes aparecerão com mais marcadores, apontando para uma necessidade de ação da segurança pública). Pontos turísticos também podem ser cadastrados, assim como empresas, agências bancárias, hospitais, cada um caracterizado por um marcador específico, de fácil identificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *